Kipreço agosto
santos outubro
Anúncios posto
JN Gas
Ação Conjunta

Governadores querem criação de força integrada para atuar no Nordeste

Gestores querem atuação conjunta das polícias e defendem a criação de um fundo nos moldes dos já existentes para as áreas de saúde e educação. Encontro termina na tarde desta terça-feira.

Canal Piauí

Canal PiauíNotícias do Piauí

06/03/2018 21h20Atualizado há 2 anos
Por: Redação
Fonte: G1
Governadores se encontram em Teresina para tratar de segurança (Foto: Jorge Bastos / Governo do Piauí)
Governadores se encontram em Teresina para tratar de segurança (Foto: Jorge Bastos / Governo do Piauí)

Os governadores dos estados do Nordeste, reunidos nesta terça-feira (6) em Teresina, defenderam a criação de uma Força Integrada do Nordeste. A proposta é que a força realize operações policiais integradas nos nove estados da região. Os policiais trabalhariam de forma integrada com 40 viaturas da Polícia Militar, atuando de modo ostensivo com dois delegados de cada estado.

A força policial trabalharia com rodízio de 15 a 30 dias pelos estados, atuando nas maiores cidades. A proposta é voltada para o combate a assaltos a banco, explosão de carros-fortes e o tráfico de drogas. O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), defendeu o fim de ações pontuais a fim de evitar a migração de criminosos para outras regiões. “Não é possível que não tenhamos uma resposta para valer”, comentou o governador.

Os governadores também querem a criação de um fundo da União para financiar a segurança, o estabelecimento de um sistema integrado de inteligência. O sistema comum serviria também para o mapeamento de criminosos e de facções da região Nordeste. “A partir da existência de um fundo nacional é possível ter sim uma política nacional com metas de médio e longo prazo”, comentou o governador do Piauí.

 
Wellington Dias defendeu integração para atuação conjunta (Foto: Jorge Bastos / Governo do Piauí)Wellington Dias defendeu integração para atuação conjunta (Foto: Jorge Bastos / Governo do Piauí)

Wellington Dias defendeu integração para atuação conjunta (Foto: Jorge Bastos / Governo do Piauí)

Wellington Dias enfatizou ainda a importância de integração entre os estados para atuação conjunta. “Seria um termo de cooperação que permitiria integrar todas as forças em ação conjunta com os nove estados e junto com essas ações trabalharmos em cada estado em uma perspectiva de multiplicar os esforços com a integração da Inteligência e das forças civis e militares do Nordeste”, defendeu Wellington Dias.

O delegado Carlos Cesar Camelo, diretor de inteligência da Polícia Civil do Piauí, disse que a criação de um Comando do Nordeste tem o objetivo de centralizar as ações de inteligência e operações na região. "O governador propôs a realização de operações policiais integradas nordestinas, o que é correto porque temos grupos criminosos interestaduais, com presença até em outros países", disse o delegado Carlos Cesar.

 
Socorro França defende ações também na área penitenciária (Foto: Andrê Nascimento / G1 PI)Socorro França defende ações também na área penitenciária (Foto: Andrê Nascimento / G1 PI)

Socorro França defende ações também na área penitenciária (Foto: Andrê Nascimento / G1 PI)

A secretária de Justiça do Ceará, Socorro França, comentou que o problema das facções criminosas começa pelos presídios, e destacou a situação penitenciária do estado. "O Ceará tem 29 mil presos, sendo que 60% deles sequer foram julgados Isso é uma bomba relógio. Se a gente não se unir, não só o executivo mas também o sistema de justiça, vamos ficar sempre dando desculpas sem nenhuma solução", disse.

Hugo Napoleão - PI
Atualizado às 17h04
33°
Poucas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 19°
31°

Sensação

15.8 km/h

Vento

23.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Banner sessão 1 (política)
Últimas notícias
Banner sessão 1 (entretenimento)
Mais lidas
Banner sessão (cidade)
Anúncio